TRATAMENTO ENDODONTICO

Em que consiste "desvitalizar" um dente. Quais os passos necessários?

Como é realizado o tratamento Endodôntico?

O tratamento de canais é um procedimento executado em várias etapas realizadas uma ou, mais vulgarmente, em várias consultas, dependendo da situação. São consultas de cerca de 1 hora e são procedimentos de grande precisão e exigência técnica, em que se torna imprescindivel o recurso ao microscópio dentário.

Esses passos consistem em:

  1. Inicialmente é removida a cárie dentária, que em principio será muito profunda afectando a polpa dentária
     
  2. Faz-se a reconstrução das paredes do dente que foram destruídas pela cárie, de forma a deixar o dente com suficiente suporte para se manter intacto durante o período de tratamento sem se fracturar mais.
     
  3. Depois de removida a polpa afectada (Pulpectomomia) é feito o acesso os canais da raiz do dente e são limpos, alargados e definfectados.
     
  4. Na última fase, geralmente na terceira visita, os canais do dente previamente desinfectados nas consultas anteriores, e tendo sido assegurado que a fase aguda da doença dentária já foi ultrapassada,  é efectuada a obutaração - ou selamento-  dos canais.
     
  5. Nesta fase o tratamento endôdontico é dado como concluído e o paciente passa para uma nova fase do tratamento que pressupõe a Reabilitação do dente - reconstrução do dente com os princípios de reforço da sua estrutura e de recuperar a estética. Habitualmente um dente desvitalizado deverá ser restaurado com uma restauração cerâmica ou coroa fixa.

 

+ CONSULTE RECOMENDAÇÕES PÓS-TRATAMENTO 

Quanto tempo dura um dente tratado? 

O seu dente/dentes tratados e restaurados correctamente podem durar uma vida inteira com os cuidados apropriados. Porque ainda pode surgir uma cárie dentária no seu dente tratado, uma boa Higiene Oral e exames regulares são imprescindíveis para prevenir futuros problemas.

Como já não existe polpa a manter o dente vivo, o dente com tratamento Endodôntico pode tornar-se frágil e mais susceptível a fracturas. Este é um aspecto cruscial na decisão de colocar uma coroa após a "desvitalização".

Para determinar o sucesso ou insucesso do tratamento Endodôntico o método mais fiável são os RX que se fazem após o tratamento para comparar com os existentes antes do tratamento. Esta comparação permite visualisar se o osso se está a regenerar-se.

 

Podem existir casos, por variadas razões, em que a "desvitalização" poderá não ser um sucesso, ou existir uma recidiva da doença inicial. 
Nesse caso poderá ser necessário executar um Retratamento - ou novo tratamento - endodontico ou, caso se justifique, executar uma Microcirurgia endodontica, para resolver a situação e de forma a manter o dente.


 

+ DR ALEXANDRE GOULÃO
 
 

Acordos e parcerias

Temos acordos e parcerias com diversas entidades. Para consultar lista completa clique aqui

Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização